Começa a 14ª edição da CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte [de 29/10 a 2/11]

Mais um festival de cinema brasileiro precisou se adequar à realidade de 2020. Devido à pandemia do novo coronavírus, a CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte fez a escolha de viabilizar uma edição integralmente online, a primeira neste formato em 14 anos.

Ainda assim, a sua realização não presencial em nada comprometeu a sua programação, que segue oferecendo filmes paralelo à atividades que promovem o cinema também como uma atividade educacional e para debate. Serão cinco dias em que o público contará com o acesso gratuito de sessões virtuais de cinema além de uma série de reuniões entre mentes criativas amparadas por diálogos e compartilhamento de conhecimento.

Com produções nacionais e estrangeiras, a programação de filmes está dividida em nove blocos: Arte Viva, Contemporânea Brasil, Contemporânea Internacional, Welket Bungué (nome do ator e diretor de 32 anos nascido em Guiné), Diálogos Históricos, Sessão Brasil Cinemundi, A Cidade em Movimento, Mostrinha e Cine-Escola. São ao todo 56 títulos, entre curtas, médias, longas-metragens e performances.

Quanto aos debates, eles já estão acontecendo, como foi o caso do bate-papo inaugural com os curadores da edição no dia 20 de outubro. Todos os que estão por vir poderão ser acompanhados ao vivo no canal da Universo Produção – conheça-o clicando aqui. A oficina de análise de estilos cinematográficos e os laboratórios de roteiro, por sua vez, estão com as vagas esgotadas.

Outro destaque importante dentro da CineBH é a realização do 11º Brasil CineMundi – International Coproduction Meeting. Serão 14 países representados neste evento que promove a ampliação da rede de contatos e negócios entre profissionais brasileiros e representantes da indústria nacional e estrangeira.

A edição também ampliará suas possibilidades para além da linguagem audiovisual, como o bloco Arte Viva: Redes em Expansão, que põe em debate como as artes presenciais precisaram se reconfigurar e migrar para plataformas de transmissão online em função da pandemia.

Em tempos nos quais nos habituamos com exposições virtuais, o público terá acesso ao CineBH no Tempo, que reúne fotografias deste festival concebido em 2007. Por fim, há dois experimentos ao vivo: o “12 Pessoas com Raiva” (29/10, às 21h30), com premissa inspirada no clássico “12 Homens e 1 Sentença”, e “Museu dos Meninos: Arqueologias do Futuro” (31/10, às 21h), performance de Maurício Lima amparada por suas memórias da infância e adolescência.

Dentro do possível, compartilharemos outras novidades da 14ª CineBH, seja neste site, no canal do Cine Resenhas no YouTube ou em nossas redes sociais. A seguir, o serviço está disponível para mais informações.

SERVIÇO

14ª CINEBH – MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA DE BELO HORIZONTE

BRASIL CINEMUNDI – 11th INTERNATIONAL COPRODUCTION MEETING

29 de outubro a 2 de novembro de 2020

Lei Federal de Incentivo à Cultura
Patrocínio: Cemig | Governo de Minas Gerais
Parceria Cultural: Sesc em Minas, Goethe-Institut

Idealização e realização: Universo Produção
Secretaria Especial de Cultura | Ministério do Turismo | Governo Federal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s